Apostolado da Oração

O Apostolado da Oração nasce a partir do padre Francisco Xavier Guatrelet, sacerdote jesuíta, na cidade de Vals (França), incentivando um grupo de estudantes a oferecerem suas orações e sacrifícios diariamente pela missão da Igreja. Esta iniciativa recebeu logo no início o nome de Apostolado da Oração e foi aprovada pelo Bispo de Le Puy. Em 1849, alcançou as primeiras indulgências do Papa Pio IX. O Papa Leão XIII, em 1880, além de pedir que se rezasse pelas intenções de oração, pediu aos membros do Apostolado da Oração que cuidassem de divulgar a devoção ao Sagrado Coração de Jesus.

A expansão do movimento pelo mundo deve-se ao padre Henrique Ramiere, SJ, que atuou como grande organizador e promotor do Apostolado da Oração, divulgando e explicando sua doutrina em numerosos artigos e escritos.

No Brasil, o Apostolado da Oração chegou pelos missionários jesuítas. O Pe. Bento Schembri fundou em Recife o primeiro centro do Apostolado de Oração em 1867 e, poucos anos depois, em 1871, em Itu, o Pe. Bartolomeu Taddei fundou o centro do Apostolado que espalhou ramos por todo o país. Por essa razão, o Pe. Taddei é considerado o fundador e o propagador no Brasil, inclusive, sendo nomeado Diretor Nacional.

Três são as atividades próprias do Apostolado da Oração: oferecimento do dia, rezar pelas intenções do Papa e avaliação diária de vida – práticas de oração e sacrifício com os fins de ajudar espiritualmente a missão da Igreja.

Ao intensificar a vida eucarística e a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, o Apostolado da Oração revitalizou por toda a parte a prática da religião, tanto individualmente como nas famílias (por meio da consagração das famílias), através da consagração de cidades, de estados e de todo o Brasil.

O Apostolado da Oração existe oficialmente em nossa paróquia desde o dia 3 de setembro de 2016. Cerca de 20 pessoas participam das reuniões, que ocorrem toda primeira sexta-feira do mês, dia dedicado ao Sagrado Coração de Jesus. Se inicia com uma reunião na matriz às 17 horas, seguido pela Santa Missa e Adoração ao Santíssimo.

Para ingressar no Apostolado, o fiel precisa participar de uma preparação inicial que tem duração de nove meses (a Eucaristia nas nove primeiras sextas-feiras), e participar das reuniões mensais. Somente depois de seu ingresso oficial no Apostolado da Oração é que o novo membro recebe a fita de zelador, como sinal de sua adesão.