Pastoral do Dízimo

Dízimo: um gesto concreto que brota da fé

O dízimo tem origem no Antigo Testamento, e era considerado um direito de Deus de receber a décima parte das colheitas e dos rebanhos. O Novo Testamento sugere que a partilha seja dada segundo a possibilidade de cada um. O mais importante de tudo é compreender que ao partilhar, o católico está retribuindo a Deus parte do fruto de seu trabalho, e ajudando a Igreja na sua missão de evangelizar.

Na paróquia existe a Pastoral do Dízimo, que visa a criar entre os cristãos a consciência da Igreja. Só pode haver a Partilha se houver conscientização. A pessoa só se torna dizimista depois de ter se convertido, pois o dízimo é fruto da conversão. Aqueles que quiserem conhecer mais sobre o trabalho desenvolvido pela pastoral podem entrar em contato com a secretaria paroquial e solicitar mais informações, e se sentir tocado, fazer parte da equipe que se dedica a mostrar aos outros fiéis a importância da partilha.

O gesto deve ser uma contribuição voluntária e regular, assumido por todo batizado como obrigação pessoal, compromissando-se de maneira ativa com a manutenção da vida da igreja onde vive sua fé. A Igreja não define valores ou percentuais. Essa definição deve ser pelo dizimista, segunda sua possibilidade e generosidade.

Atualmente, na paróquia Santa Rita de Cássia há 1.377 dizimistas cadastrados, dos quais 525 deixaram de entregar o dízimo por algum motivo.  Muitos pensam que pelo fato de trabalharem nas pastorais e movimentos da Igreja estariam dispensados do dízimo, mas o fato é que nenhum cristão está dispensado da contribuição bíblica do dízimo. Ao contrário, esses fiéis deveriam ser os primeiros a dar testemunho de sua vida cristã. É preciso considerar que não existiriam movimentos e grupos se não existisse a Igreja. A Igreja é que foi instituída por Cristo como sinal e instrumento de seu Reino. Como membros desta Igreja e cristãos conscientes, ativos, todos têm a obrigação e o direito de oferecerem a ela, em sua comunidade paroquial, com convicção, o seu dízimo.